30.1.08

Oásis de cristal



Aqui me perco
Junto atravesso as pequenas coisas
Na minuciosa bruma
Que me cobre
E entranha nos sentidos
de ver
…Ouvir e cheirar
Em alquimia


Sentir num solfejo
todas essas coisas
Numa única gota de orvalho
Macerando-me
O olhar curioso
Onde se escoa a vida
…e sorve

Em acordes de sensações
Na distância de um sorriso
Emudecido
Retenho fugaz o gosto
Da luz clara e de cristal
Oásis a cada alvorada




Etiquetas:

58 Comments:

Blogger Vy said...

Ola,

Hoje passo só para deixar um beijo, porque de mais não sou capaz.
Vy

12:01 da tarde  
Blogger Spectrum said...

Uma delícia a que já não consigo resistir e que se tornou visita obrigatória.
Muito obrigado por estes momentos.

12:14 da tarde  
Blogger Chris said...

Combina tudo tão bem... (:

Adorei...

Beijo grande (:

12:59 da tarde  
Blogger Siala ap Maeve said...

visitar-te é sempre uma viagem pelos sentidos...imagens perfeitas para palavras etereas!
Bjos meus

5:14 da tarde  
Blogger Noivo said...

quem diz que uma penca não pode ser bela?:)

5:43 da tarde  
Blogger Maria José said...

O mundo, na simplicidade que se revela quando os sentidos fogem de nós e nos abrem os olhos.

7:37 da tarde  
Blogger ~pi said...

gota a gota

sorve.vida

7:47 da tarde  
Blogger Alguém Comum said...

Uma gota de água...
que inocente parece ser...

Belas palavras

10:27 da tarde  
Blogger Divinius said...

Respira a leveza que vive em ti ...
Solta toda a beleza do teu olhar...
Solta toda a brancura da tua ternura na tua procura...
Solta na água eterna do mar...
Gostei de ler:)
kiss*

10:33 da tarde  
Blogger andorinha said...

Sentir. Em cada gota de vida. Em cada alvorada de cristal.

Tornas tudo tão belo.

11:50 da tarde  
Blogger jumpman said...

E assim me perco..

1:12 da manhã  
Blogger nana said...

que oásis, tuas palavras....

1:36 da manhã  
Blogger Maria said...

Excelentes fotos.... raramente reparamos nesta beleza....

5:58 da manhã  
Blogger Pearl said...

surpreendo-me sempre que aqui venho... a diversidade é fabulosa!!!
:o)))***

6:41 da manhã  
Blogger Viajante pelos Sentidos said...

A singela beleza de uma couve... que tão bem joga com a grandiosidade das palavras.

Um beijo viajante...

12:50 da tarde  
Blogger Dalaila said...

e na folha caem as gotas onde me perco

4:02 da tarde  
Blogger Susanyttah said...

belos poemas com belas imagens! =)

5:09 da tarde  
Blogger Blogogamico said...

É sempre gratificante visitar-te, ler o que escreves, olhar para o que olhas...

Na verdade é um bom oásis para se perder...

Muah fofo

6:57 da tarde  
Blogger AURORA ( LOLA ) said...

Olá, em primeiro lugar quero agradecer pela visita ao meu blog, pedir desculpa por só agora estar a responder mas estive ausente em trabalho quase um semana.


Mas estou de volta de novo para visitar cada blog e comentar.




Gostei de ler-te está lindo.




BJS

8:54 da tarde  
Blogger @zulebranco said...

Sempre fresco, sempre belo sempre actual direi que este poema tem vida e muito bonita

1:03 da tarde  
Blogger MARIA MERCEDES said...

As emoções contidas numa gota de água...palavras leva-as o vento, as emoções, bebem-se!

beijos cristalinos

1:05 da tarde  
Blogger efeneto said...

Cada pequeno Olá, cada pequeno sorriso, cada pequena ajuda é capaz de salvar um coração magoado. Há um milagre chamado Amizade. Você não sabe como ela aconteceu ou quando começou, mas você sabe a alegria que ela traz e percebe que a Amizade é um dos dons mais preciosos que Deus nos concedeu.
Amigos são jóias preciosas, realmente. Eles fazem-nos sorrir e encorajam-nos para o sucesso. Eles estão sempre ali para nos ouvir, para nos elogiar, e estão sempre de corações abertos para nos receber. Neste dia particular para mim, onde comemoro um ano de publicações venha-se associar á festa. Á sua festa…á nossa festa…para o ano cá estaremos mais velhos é certo mas de certeza mais ricos de amizade, de solidariedade e amor com o próximo. Aproveito para lhe desejar um óptimo fim-de-semana na companhia de quem mais desejar. Se o passar sozinho não se esqueça de olhar para o lado. Os amigos estão lá, é só procura-los.
efeneto.

1:06 da tarde  
Blogger Maria said...

lindo!cmo duas gotas de agua parecem pedras preciosas...que ilustram a magia das palavras :)beijinho

3:20 da tarde  
Blogger Rain said...

Um renascer dos sentidos nas palavras.
Bom fim de semana, beijinhos.

5:03 da tarde  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Muitas emoções, sensações, cores neste poema.Muito bonito.

bjinhos

8:42 da tarde  
Blogger irneh said...

Olá

Mais um dos teus magníficos trabalhos. Adoro as fotos. tens a capacidade de transformar em puro cristal uma simples gota de água.

Beijinhos

9:38 da tarde  
Blogger Laura said...

Bebi-te....
Beijos ;)

10:09 da tarde  
Blogger Spectrum said...

a inevitabilidade da visita. deslumbrado. sempre.

11:11 da tarde  
Blogger POETA VAGABUNDO said...

adorei este post...e a canção ...
beijo vagabundo

11:49 da manhã  
Blogger Martinha said...

Como diria um amigo meu "tocas doce quando escreves", "tocas doce quando fotográfas"... :)
maravilhoso *

1:28 da tarde  
Blogger AnaB said...

P E R F E I T O

[8 letras ;)]

2:34 da tarde  
Blogger Fallen, The Countess said...

Lindas palavras... Gostei! ;)

2:40 da tarde  
Blogger O Profeta said...

Os pesares dividem as marés
A idade do ouro ainda tarda
Os anos passam como gotas varridas
Por um tempo que retrata o nada


Convido-te a saborear um absinto no meu espaço
pela Taça de Fino Ouro



Mágico beijo

3:05 da tarde  
Blogger efeneto said...

Sábado, 14 horas, pego no meu teclado a gasóleo e aqui estou eu a agradecer a sua fidelidade. Obrigado por me terem embebedado de tanta amizade.
Para o ano há mais e conto com todos vocês. Um bem-haja a todos.
Vamos voltar às palavras e deixemo-nos de lamechices.
Abraço aos amigos e beijos ás damas.

3:20 da tarde  
Blogger 924 said...

Adoro o equilíbrio das fotos e textos nos teus posts, escreves realmente muito bem, e muito obrigado pelo comentário e elogio, vindo de alguém que escreve assim é algo de ficar envergonhado até... Obrigado.

4:11 da tarde  
Blogger Nyani said...

De que servem as palavras se no seu subentender tudo está dito...

Bjs

Ny

6:43 da tarde  
Blogger RedLightSpecial said...

Uma vez mais.. andamos pelas mesmas rotas...

9:29 da tarde  
Blogger Gi said...

Cristais, pérolas ... não sei. Jóias são de certeza. Como as palavras que nos deixas.

Obrigada por este momento de leitura e pelas visitas e comentários que tens deixado nos meus espaços. Vamos a ver se retom o ritmo habitual .

Um beijo, volta sempre.

10:38 da tarde  
Blogger LNeves said...

Quando se está longe, não temos outro remedio senão imaginar sorrisos longinquos, e tentar reter o sobor do gosto...

***MUAH***

12:19 da manhã  
Blogger nuvem said...

Um poema delicado e fresco como um amanhecer à beira-rio. Adorei.

Beijo

1:04 da manhã  
Blogger Nikita said...

Um oásis realmente...de belas palavras e lindas imagens!

Beijos ;)

11:36 da manhã  
Blogger tufa tau said...

uma gota vibra
transparente
em melodia e
sonoridade de paz

reflecte
mil tons

para cair
no chão
noutras mil
quase iguais a si



abraço

4:11 da tarde  
Blogger telma said...

foi uma delicia ver os teus textos juntamente com as fotos :')
vou adicionar-te. *

10:07 da tarde  
Blogger Bia said...

obrigado pelo comentário.
passarei aqui mais vezes sim? :)
*

11:57 da manhã  
Blogger verdades_e_poesia said...

Óasis a cada alvorada para ti e para mim também. Gostei! Beijos

12:31 da tarde  
Blogger Shelyak said...

E por aqui continuamos a andar, cantando e rindo... e agora, com máscara ou sem ?
Beijinho :)

6:14 da tarde  
Blogger ANTONIO DELGADO said...

contornus,

é a primeira vez que passo pelo seu espaço que é muito atraente em termos de literatura e fotos.Imagens como as das folhas de couve com gotas de água são da minha preferencia. Brincava com elas no campo onde me criei em criança.
Cordialmente
António Delgado

12:40 da manhã  
Blogger laura said...

gosto das tuas coisas pequenas e das tuas pequenas coisas...

10:49 da manhã  
Blogger Simone said...

Muito belo o teu espaço. As palavras as fotografias, tudo!

Um beijinho

5:13 da tarde  
Blogger SentidoS said...

Travessias na suspensão da noite...

gostei...como sempre...

Beijo Sentido

1:14 da manhã  
Blogger Joaquim Amândio Santos said...

tudo o que o tempo quebra não se esmaga em cinzas.
nunca desfeitas, nem pedaços ocos.

pontos migratórios do querer. para lá.
onde o pensamento reside na ventura do acontecer!

6:28 da tarde  
Blogger carpe vitam! said...

tão lindo! existe um mundo numa gota de água. reflexos prateados e dourados pela luz, e o cheirinho da couve, ummm... que solinho bom, que frescura!
Molho o dedo na água e as gotas começam a juntar-se. a couve é impermeável, impenetrável e mantém-se assim viçosa pelas raízes.
que bom que é ter uma horta, é um verdadeiro oásis paradisíaco de cor e de sabor!

3:27 da tarde  
Blogger Ana said...

As palavras conseguem ser tão cristalinas como as gotas de água..
Fazes do que é belo(imagem)...mais belo ainda(texto)...
Simbiose perfeita

Adorei :)
Beijinho

2:57 da manhã  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

venho deixar o meu beijo..

nao tem poste novo!?

5:42 da tarde  
Blogger Oliver Pickwick said...

Delicado, doce e lindo. Puro sentidos.
Beijos!

11:46 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

é maravilhoso observar a transparência da água e o seu toque nas criaturas naturais...adorei os teus versos!turtlemoon

11:51 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

é maravilhoso observar a transparência da água e o seu toque nas criaturas naturais...adorei os teus versos!turtlemoon

11:51 da manhã  
Blogger Carol Barcellos said...

Por que não cheguei aqui antes? "Oásis de cristal" é um dos poemas mais lindos que encontro aqui, e se alguma hora vc visitar meu espaço, vai saber porque me identifiquei tanto...
A imagem das gotas de orvalho na folha estão delicadas e simplesmente perfeitas. A escolha musical é o som perfeito das gotas de orvalho caindo mansas ao amanhecer, e o poema é uma obra de arte tão brilhante e valiosa quanto as próprias gotas de orvalho!

Beijos e pétalas de cristal!!! :o*

2:53 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home