3.10.07

calidez dissipada



no crepitar de alguns momentos
perduram indefenições
que dão desgaste à alma
progridem inquietos
silêncios enleados
sem dissipar
os anseios
... cálidos

Etiquetas:

12 Comments:

Blogger sniqper © said...

Indefinições são momentos vividos num tempo sem tempo... Onde no devido tempo passam a ser as nossas metas e objectivos...

1:21 da manhã  
Blogger Mustafa Şenalp said...

çok güzel bir site.

10:15 da manhã  
Blogger Dalaila said...

e são nessas indefinições, que o sangue bombeia, treme, a pele ondula, enerva-se e progride-se, cresce-se, e o silêncio ecoa palavras estridentes

10:34 da manhã  
Blogger isabel mendes ferreira said...

cálidos.


____________


belos.



os silêncios.

6:55 da tarde  
Blogger croqui said...

belo!
...dão de facto "desgaste à alma"

bela foto!

10:12 da manhã  
Blogger Plum said...

os anseios....quietos, silênciosos***

3:02 da tarde  
Anonymous Secreta said...

Um desgaste que só nós podemos travar ...
Beijito.

3:11 da tarde  
Blogger Vera Carvalho said...

E são os anseios
deveros devaneios
que desgastam a alma.
Rendo-me à inquietude das tuas palavras.

Um abraço e um beijo.

12:35 da manhã  
Blogger Sentir said...


Quando o silêncio emoldura a alma.

2:48 da tarde  
Blogger delusions said...

sil�ncios inquietos...

...

adorei a fotografia.


Boa semana*

4:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

as ansiedades cálidas, dos pequenos pormenores que fixas com a alma, desgastam-te voluptuosamente os lábios do desejo. joão*

8:29 da tarde  
Blogger Som Do Silêncio said...

No crepitar do silêncio
As indefinições dissipam-se
E a alma repousa calma e serena nas tuas palavras.

Um Beijo Silencioso

9:32 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home