15.2.08

CABO DA ROCA












Localização:
Cabo da Roca

Posição:
Latitude 38º 46' 99'' Norte
Longitude 09º29'75'' Oeste

Ano de construção:
1772

Arquitecto/ Construtor:
Engenheiro Gaudêncio Fontana

Intervenções realizadas:
1896 - Electrificação
1940 - Substituição por um modelo aeromarítimo
1980 - Automatização, passando a funcionar sem intervenção humana

Altura:
22 metros

Altitude:
165 metros

Característica luminosa:
Relâmpagos brancos
com um período de 18 segundos

Alcance luminoso:
28 milhas ( cerca de 48 km)

(in Guia dos Faróis de Portugal, Jaime Figueiredo, cariátides edições)

Etiquetas:

48 Comments:

Blogger Bloguemate said...

Hoje escrevi sobre um fotógrafo e tu projectaste belas imagens. ;)

5:48 da tarde  
Blogger Adri - Dri - Drika said...

Belas imagens...um ótimo fim de semana ;) Bjuu

6:38 da tarde  
Blogger Chris said...

excelente fotos :D
O sítio também é propicio :)


Beijo (:

6:49 da tarde  
Blogger Chris said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

6:54 da tarde  
Blogger Spectrum said...

Os faróis fascinam-me; adoraria viver num. Não consigo imaginar lugar melhor para escrever, ouvir música, estar comigo!
O farol convida ao sonho...
Beijos

8:22 da tarde  
Blogger nana said...

obrigada
por este vôo...



tanto.






x

8:28 da tarde  
Blogger Maria José said...

Para olhar e olhar e olhar... e só então ver mesmo mais além.

10:17 da tarde  
Blogger Maria said...

Também gosto, muito, de faróis...

Beijo :)

12:03 da manhã  
Blogger Sorrisos em Alta said...

O sítio é fantástico. Muitíssimo inspirador.

E as fotos estão óptimas. Dá para sentir o cheiro...

12:12 da manhã  
Blogger AURORA ( LOLA ) said...

Belas imagens...um ótimo fim de semana bjs

3:25 da manhã  
Blogger Gi said...

Imagens convidatiivas ao passeio, ao voo, à contemplação.

Belas, sem súvida.

Um beijo

12:35 da tarde  
Blogger Ana said...

Mar,céu,um farol...Sou capaz de ouvir o som do mar e sentir a sua maresia...A paz que nos é transmitida,eternizada em tão belas fotos!
Encantada!

Beijo
Fica bem

1:56 da tarde  
Blogger Ás de Copas said...

A nostalgia solitária do farol... e de seu faroleiro...!

4:18 da tarde  
Blogger LNeves said...

Grandes imagens... :O

***MUAH***

4:41 da tarde  
Blogger Maria Laura said...

Lindas fotos do sítio onde a terra acaba e o mar começa.

4:56 da tarde  
Blogger nuvem said...

Lindas as fotos. Perfeita a música.

Beijos

8:02 da tarde  
Blogger Menina do Rio said...

Fantástico!!!

Um beijo

8:22 da tarde  
Blogger blueminerva said...

Magníficas fotografias. Quase se sente o cheiro a maresia.
Um abraço

9:39 da tarde  
Blogger Sha said...

O faról... que nos guia, nos avisa, nos protege, nos alinha o rumo.

Boas fotos!

Bjinho
Sha

11:57 da tarde  
Blogger telma said...

as fotos ficaram meso giras ^^ *

1:50 da tarde  
Blogger K said...

Para, sem dúvida, visitar!

3:41 da tarde  
Blogger ivone said...

e o mar ali tão perto

avistam_se os navios e tu não vens...

4:12 da tarde  
Blogger Lord of Erewhon said...

Um lugar mágico, já lá passei belos momentos.

Dark kiss.

4:34 da tarde  
Blogger un dress said...

da imagem de amar: faróis e

mar





.beijO

4:57 da tarde  
Blogger Gerlane said...

São lindos! Possuem um quê de magia e poesia!

Beijos pra ti!

10:15 da tarde  
Blogger JMPR said...

Belo.
Parabéns.

11:27 da manhã  
Blogger Anjo said...

É um local lindo, costumava muito passar por lá, fazer a estrada de mota, e depois parava uma a duas horas para meditar, o meu local predilecto a seguir ao guincho

3:51 da tarde  
Blogger Siala ap Maeve said...

Fico abismada com a tua capacidade de captares a essência de cada momento em cada imagem...parabéns!!!
Beijos meus

6:10 da tarde  
Blogger Noivo said...

só faltou fazer referência às qualidades do local para os casais:)

8:27 da tarde  
Blogger AURORA ( LOLA ) said...

Olhe queria pedir-lhe para quando tive-se um tempinho se passava neste site

http://manuela-extrablog.blogspot.com/

eu já vou lá já à algum tempo pois me apaixonei por aquele blog ele é lindo todo ele fala de uma coisa
dos nossos passados e também o presente que é o FADO passe por lá e vai ver que vai gostar como ele é pouco visitado eu prometi para a manuela que iria falar dele para as pessoas onde eu vou comentar, obrigado.


bjs

5:01 da manhã  
Blogger Dalaila said...

eu quero entrar nele,
sentir-lhe a luz,
os espelhos que brilham,
sentir-me dele,
e iluminar na noite e no dia agasalhar-me do frio.


Que lindo contornu...

12:34 da tarde  
Blogger RedLightSpecial said...

Pois agora vestia as asas dessa gaivota, mergulhava na espuma desse mar... que neste momento deve estar revolto, em´fúria.
Perfeita simbiose com o meu estado de espírito!
Bjo!!!

3:24 da tarde  
Blogger Roberto said...

Beautiful your blog wonderful your photographies. Hi Roberto

9:45 da tarde  
Blogger Sniqper ® said...

Como sempre no teu melhor amiga...

4:29 da tarde  
Blogger mariazinha said...

farol. luz. guia.

gosto tanto de faróis...

lindo!

:)*

9:57 da tarde  
Blogger tonsdeazul said...

Estão bem bonitas estas fotos!

10:03 da manhã  
Blogger Viajante pelos Sentidos said...

É um local fantástico... tens de colocar aqui também alguma coisa sobre o farol da Barra, Aveiro.

Esse farol encanta-me...

Um beijo viajante!

12:17 da tarde  
Blogger Plum said...

Excelentes fotos e muito boa escolha musical!!!***

8:15 da tarde  
Blogger rosasiventos said...

olhar-te a história

escavar o traço

desfazer o laço

de asso

8:59 da tarde  
Blogger Spectrum said...

Perdida - ou encontrada, talvez - no Cabo da Roca, lugar de sonhos, de motards, de azuis?...

9:14 da tarde  
Blogger tufa tau said...

os faróis têm algo de mágico na noite
sempre me fascinou ver e deixar de ver a sua luz

muito bonitas todas as imagens!

10:53 da tarde  
Blogger Pearl said...

Gosto de faróis!
Gosto mesmo muito!
Aquela possibilidade de eternamente estar à beira mar!
Obrigada!
:o)))***

11:40 da manhã  
Blogger O Profeta said...

Sabias que há um livro de nome faróis de portugal que é uma delicia?


A chama que explode na noite
Consumiu a palavra dispersa
As virtudes do som das águas
Ouvem-se na manhã que começa

No silêncio há tanto som, tanta emoção
Convido-te a sentir o meu silêncio total



Bom fim de semana


Doce beijo

1:15 da tarde  
Blogger O'Sanji said...

Uma parte feliz da minha vida passou por esse lugar!
Com direito a diploma e tudo! :D

10:49 da tarde  
Blogger T u r t l e M o o n said...

fotos fantásticas!tens um blog em grande estilo...parabéns!(",)

2:15 da tarde  
Blogger Espaço do João said...

Quiz-me parecer que houve um pequeno lapso na data da construção. No entanto não deixa de ser curioso a sua descrição Parece-me que em 1972 ele já estava cinstruido. Sera? Peço desculpa se estou enganado. Abraço fraterno . João.

6:41 da tarde  
Blogger ContorNUS said...

Ao João (espaço do João)... Obrigada pela chamada de atenção

O Farol do Cabo da Roca abrangido pelo grupo de seis faróis mandados edificar teve alvará a 1 de Fevereiro de 1758 da Junta Geral da Fazenda do Reino..entrando em funcionamento a 1772.

Aos curiosos deixo a sugestão de complementar os dados sucintos

http://www.marinha.pt/extra/revista/ra_set_out2003/pag_35.html

A todos obrigada pela visita...e por deixarem expressa o que no momento vos suscitou partilhar.

2:24 da tarde  
Blogger VdeB said...

Para além da simbologia aplicável aos faróis que os que estão em terra sentem, há que experimentar a verdadeira razão da sua existência. Já naveguei toda a nossa costa, já reflecti muito sobre os farois pois já fui muito acompanhado e orientado por eles. Destacaria os farois do Cabo Sardão e do cabo S. Vicente, este ultimo com um alcance de 32 milhas maritimas, cerca de 59 Km. No mar é obra, ainda por cima naquele mar.
Mas também há os falsos farois. São verdadeiras as histórias dos piratas que faziam enormes fogueiras na nossa costa, quando as naus vinham carregadas de riquezas de outras paragens, para assim atrairem os marinheiros para armadilhas mortais e para o saque.
A analogia dos falsos farois também serve para os que estão em terra, claro.

1:41 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home