10.10.07




100timental (ou relativamente)

os dedos foram calcetando de palavras
trilhando os dias
agora pertencendo a todos
como uma mercadoria
liberto-as
como quem tece
entretanto... talvez se extingam
e tanto faz que sigam o rumo
de memórias fechadas à chave

Etiquetas:

17 Comments:

Blogger CatWorld said...

parabens!
que mais 100 faças!
beijoca!

3:33 da tarde  
Blogger Eternus said...

Parabéns! :))

10:38 da tarde  
Blogger sniqper © said...

Que a blogosfera nunca fique 100 os teus posts, são divinais.

11:36 da tarde  
Blogger Dalaila said...

há palavras que sentem como dedos.

1:56 da tarde  
Blogger Klatuu o embuçado said...

«os dedos foram calcetando de palavras»
Um achado.

Dark kiss.

5:36 da tarde  
Blogger irneh said...

Parabéns pelo teu trabalho com as palavras!

Beijinhos

7:24 da tarde  
Blogger Vera Carvalho said...

Tu liberta-as e eu sorvo-as como trago de acalmia...
beijos mil.

7:36 da tarde  
Blogger Bandida said...

100º - é obra! a libertar memórias.


beijo C.


B.

12:03 da manhã  
Blogger lupussignatus said...

100 amarras

correntes

de palavras

fluem

nos contornos

da madrugada

1:42 da tarde  
Blogger Plum said...

Um brinde!!!
Bom fim de semana!***

4:53 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Muito bem comemorado o teu 100º post.
Com belas palavras, como sempre.
Bfs, beijinhos.

11:02 da manhã  
Blogger PAS said...

Parabéns pelo 100tésimo post!
Obrigado pela visita. Pelo que aqui vi, vou retribuir a "ancoragem"... ;-)

8:23 da manhã  
Blogger A CAVALGAR NO INFINITO said...

Tenho uma surpresa para ti...
vai ver:
http://ouviomeueu.blogspot.com/

5:39 da tarde  
Blogger mnemosyne said...

Palavras que os olhos abraçam num silêncio mudo...excelente poema :)
Um beijo

11:28 da tarde  
Blogger Dalaila said...

e que mais letras se desenrolem...

Beijinho

7:37 da tarde  
Blogger Som Do Silêncio said...

Que as memórias nunca deixes trancadas
E as palavras calcetadas
Se libertem fluídas
Suavemente pelos teus dedos tecidas
E por mais 100 vezes
Nos encantes

Um Beijo Silencioso

9:35 da tarde  
Blogger Aesis said...

(obrigado)

...e aqui neste 100º justifica-se confessar-te que não só te enalteço o lirismo, o qual considero extremamente personalizado, apenas conseguido por alguém de elevada sensibildade, assim como revelar-te o meu gosto pelos títulos com que baptizas as tuas publicações (imagem/palavra).

Portanto, parabéns (não pelo 100º mas pela tua arte).

3:10 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home