17.9.07

Tempo cíclico



Procurarei
As distâncias renovadas
Das palavras curvilíneas




Hoje
Ficamos por aqui
Na crispação
De um tempo fundido
Que em nós
se deposita
na palma da mão
em sinal votivo
que errante se desdobra nublado
e se despindo desfalece
esquivo
da mística intimidade
onde me deixo permanecer…




Amanhã
Talvez a tua voz
Se dissipe… suspensa da rebeldia
cedendo
na justa medida
Segredado pelo encanto
suave e matinal
iniciando uma nova estação
circundando arestas
de um tempo cíclico

Etiquetas:

5 Comments:

Blogger blue said...

Lindo...
acho que a inspiração vem do chá de menta :p

Beijinhos

4:32 da tarde  
Blogger Plum said...

Tempo cíclico...como tudo!***

4:40 da tarde  
Anonymous Secreta said...

Amanhã tudo pode mudar , tudo pode se transformar para sempre ...
Vamos então viver intensamente , o presente.
Beijito.

8:26 da manhã  
Blogger Dalaila said...

Vale a pena é s..o...l...e...t...r..a...r. o d..i...a!

Gostei!

9:37 da manhã  
Blogger Som Do Silêncio said...

Minha querida

O tempo ciclico das tuas palavras desdobradas, que me fazem vergar em suave deleite ao te ler.

Um Beijo Silencioso

9:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home